Notícias

Monsanto inaugura unidade de biotecnologia em Pernambuco

Monsanto inaugura unidade de biotecnologia em Pernambuco

03/10/2013

Petrolina - A companhia Monsanto inaugurou nesta segunda-feira em Petrolina (PE) uma unidade destinada à pesquisa biotecnológica e o desenvolvimento de produtos para o mercado nacional.

A unidade de pesquisa, que exigiu um investimento de US$ 20 milhões (R$ 39 milhões), tem como objetivo "acelerar o desenvolvimento de tecnologias" aplicadas ao setor agrícola, segundo o presidente da Monsanto no país, Rodrigo Santos.

Santos explicou que a unidade de pesquisa de Petrolina, a unidade número 36 da companhia no Brasil, é o investimento de maior envergadura da companhia multinacional em 2013, e disse que constituirá um "grande polo de pesquisa" da empresa no país para os próximos anos.

Em entrevista à imprensa antes da cerimônia inaugural, Santos disse que o Brasil tem potencial para se transformar no "celeiro do mundo" e defendeu a pesquisa científica e as novas tecnologias para alcançar esse objetivo.

A nova unidade se apoia nas condições climatológicas de Petrolina, que permitem até três colheitas anuais, para acelerar o processo de desenvolvimento de novas tecnologias para produzir sementes modificadas geneticamente e responder com maior rapidez às necessidades agronômicas futuras, segundo fontes da Monsanto.

A unidade, que dispõe de 4.337 metros quadrados, estará centrada no desenvolvimento de milho, mas está previsto que no futuro sejam incorporados outros cultivos como a soja - principal produto de Monsanto no Brasil -, cana-de-açúcar e algodão, entre outros.

Assistiram ao ato de inauguração autoridades lideradas pelo ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, que destacou que a empresa americana investe há meio século no país.

Fonte: EXAME.COM